Edison Brittes é ameaçado de morte e foi transferido de Piraquara para São José dos Pinhais

 Edison Brittes é  ameaçado de morte e foi transferido de Piraquara para São José dos Pinhais
Edison Brittes é acusado de ter  matado o jogador Daniel, no dia 27 de outubro de 2018, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba

Nesta terça-feira (16), Edison Brittes foi transferido do Presídio de Piraquara para Casa de Custódia em São José dos Pinhais . De acordo com o advogado, Edison estaria sendo vítima de torturas e ameaças dentro da Penitenciária Central do Estado – PCE, por isso pediu a transferência. Também de acordo com o advogado, às ameaças iniciaram quando Brittes denunciou a venda de um celular a um dedento por agentes penitenciários, depois disso passou a sofrer ameaças. O pedido de transferência foi atendido pela juiza Luciani Martins de Paula que autorizou a transferência e pediu também a apuração dos fatos relatados por Edison. De volta a Casa de Custódia de São José dos Pinhais onde esteve em 2019, Edilson Brittes aguarda o julgamento preso sobre a proteção do estado .