Dupla suspeita de matar deficiente visual com inúmeros tiros é presa em São José dos Pinhais

 Dupla suspeita de matar deficiente visual com inúmeros tiros é presa em São José dos Pinhais

Uma dupla suspeita de matar um deficiente visual na cidade de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba (RMC), foi presa na manhã desta sexta-feira (17). De acordo com as investigações da Polícia Civil, eles teriam sequestrado e forçado familiares da vítima a indicar o local onde o homem estava, antes de ser executado com inúmeros tiros, na noite de 28 de janeiro.

À Banda B, o delegado Glaison Lima, da Delegacia de São José dos Pinhais, afirmou que, além das prisões, os policiais também cumpriram mandados de busca e apreensão contra os suspeitos de matar o deficiente visual.

Inicialmente houve uma espécie de sequestro de dois parentes da vítima, o sobrinho, sua esposa e a filha, que estavam dentro do carro, sendo que eles foram obrigados a indicar o local onde ele estaria morando. Quando os bandidos chegaram ao local, uma chácara, identificaram o deficiente visual, que sem chance nenhuma de defesa, e o mataram com inúmeros tiros.

Delegado Glaison Lima, da Delegacia de São José dos Pinhais, em entrevista à Banda B.

O crime foi presenciado por familiares da vítima, que chegaram a ser poupados pelos bandidos. No entanto, a Delegacia de São José dos Pinhais iniciou as investigações e identificou a dupla que estaria envolvida no crime. Com um deles, a polícia apreendeu uma pistola calibre 9 milímetros, com 14 munições intactas, e uma porção de drogas.

Questionado sobre a motivação do crime, Lima afirmou que a vítima ficou cega após uma tentativa de homicídio que sofreu há 10 anos. Há suspeitas de que o crime pode ter acontecido devido ao passado do deficiente visual ou pelo tráfico de drogas.

Fonte BandaB